sábado, 21 de julho de 2012

Pra quem não desempenha mais o papel de palhaço do amor, pena mas crê que paixão vale a pena



  Quando me lembro de você eu penso naquelas lágrimas molhando minha camiseta,
tendo tanto pra falar eu me calava, entrava no seu mundo, respeitava os recantos escuros do seu coração.
  Sempre chovia quando de manhã você ligava, e sabia que onde fosse eu iria te buscar mas hoje não tem
mais volta eu não vou te procurar.
  Eu nada procuro fazer pra te lembrar ou te esquecer, deixo o pensamento por si escolher os momentos de sobriedade ou de nostalgia e espero um dia reencontrar o melhor que você foi e te mostrar o melhor que pude me tornar;  o amor te digo que não irá voltar, mas junto com as mágoas tenho coisas boas de nós dois a recordar.

  Me convidam para passeatas e querem que eu mude o mundo, eu nego qualquer caminhada que seja vã para meus irmãos,mas também não abro mão de certos egoísmos, dos prazeres e das mulheres.
  Quando lembro de você penso e o quanto você contribuiu para  a  cura da minha saudade e da minha saúde, nos gostamos tanto em tempos de desgosto e desamor e quando você me rejeitou eu esperneei mas hoje tenho bem mais coragem para um: "até amor".
  Seu coração atrapalhado me bagunçava por inteiro,terminávamos em dezembro,eu curtia a desolação de janeiro e te remendava em mim no carnaval, tudo podia ir mal que eu não largava o osso, mesmo no fundo do poço insistia em te puxar, te lamber os pés e te exaltar e me sentia homem caminhando arrastado pelas suas correntes e você se sentia mais mulher tendo um "homem" que faria o que você quiser.


  Lenine diz: "qualquer amor já é um pouquinho de saúde", mas que vida dura se ela me deixava louco e era meu descanso da loucura, eu não percebia que você tinha problemas com amor demais, e quanto mais você reclamava mas meu afeto te deixava sem ar e mais e mais minha paixão te oprimia e te culpava...
e eu andava na chuva, na rua vazia, achando lindo te dar mais amor do que seu coração de criança poderia comportar.


  Hoje sou mais mesquinho, mas continuo boa pessoa, não é contradição mas vivo a vida numa boa, sem sustos e desfavores a quem me dá mais até do que mereço, não pago mais o preço do apreço
e a estrada que findará um dia está longe da vista, coisas sublimes virão, mais testes para emoção,Deus soprando da eternidade ventos de novidade para nossas vidas desalinhadas, para continuarmos nos desencontrando, mas em um desencontro feliz, sem forçar essa barra de estar preso pra sempre um à mão do outro simplesmente por já termos estado presos um à mão do outro entende branquinha?

  Não éramos tão especiais assim, as lembranças enganam a gente tornando mais radioso o passado  do que realmente foi e assim vamos remoendo o que não foi e nunca será.
Você nunca foi frágil e parti mais sereno assim, sabendo que você foi mais forte em direção ao mundo mas ainda lembro das lágrimas na minha camiseta, do abraço de proteção e da sensação de super-força, super-bacana, super-homem que se sentia, te explicava que do chão a gente não passa e que queda por queda vamos rolar na cambalhota.

  Fiz por entender meu amor por você, foi grande, foi bom e passou, a chuva caiu, as flores se afogaram
o sol apareceu, sementes se afloraram e minha poesia ficou mais bonita, mais cheia de histórias pra contar
aprendi a descrever bem melhor seu olhar assim de longe, só na cabeça e no imaginário, esqueci que eles já foram olhar de morte e pensei: "que sorte ter te encontrado naquele tempo bom de menino".

  Fui me acostumando a sua beleza e a extraordinária confusão com a natureza não me cegava mais, só a sensação de orgulho bastava, termino o sentimentalismo aflorado, nunca barato e jamais tolo e bobo parafraseando Chico e outros cantores: "penei com você pequena mas ao menos o blues valeu a pena"
  De tanto treinar o "até amor" um dia ele sai.

(Sob inspiração de belas canções de Filipe Catto, Karina Buhr e  Chico Buarque e Lenine)

 

 


PENSAMENTO CONSEQUENTE: Quando você me deixou meu bem, me disse pra ser feliz e passar bem, quis morrer de ciúme e quase enlouqueci mas como era de costume eu obedeci.Quando quiser me rever me encontrará refeito (pode crer), quero ver o que você faz ao sentir ao ver que sem você eu passo bem demais.
(FILIPE CATTO)


34 comentários:

  1. Aquiles,
    Tem amores assim, que quando perto traz uma doce alegria e uma pesada tristeza. Mas o tempo muda os sentimentos, metamorfoseia as lembranças e faz ninho na saudade, mas já não mais finca o punhal dos suspiros na nossa alma. Com o tempo o vento que move o moinho da vida, empurra as nuvens negras e faz o sol aparecer, aí a vida floresce.

    PS:Aquiles, desculpe pela extensão do texto no meu bog, é que eu vou escrevendo e quando vejo a coisa já vai longe e mesmo enxugando aqui e ali, fica tipo assim "assustador". E nem contei que ela "pitava" e empestiava a minha casa com aquela catinga de sarro... E cuspia atrás da cama! E quando reclamei do cheiro ruim que ficava no ambiente, ia pra frente da casa, agachava com as pernas abertas e pitava com gosto. E deixava as vizinhas horrorizadas.
    Outra coisa: Quando menstruava usava paninhos que eu proibi e apresentei pra ela o absorvente higiênico e adivinha onde ela os jogava?? Isso mesmo, dentro do sanitário que entupia e tinha que chamar o encanador pra resolver o caso. KKKKKKKKKKKKKK quase outro texto, mas quem mandou você ser bocudo??
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  2. Acredito Aquiles :D
    Ao dizer que amar é éfemero não tem de ser necessariamente uma vez. Podemos ter surtos de amar, amar mesmo. Nesses intervalos vamos gostando, com a ideia de que amámos.

    ResponderExcluir
  3. Amigos trilham os seus caminhos, mas não deixam de serem amigos. Para o amor, todos temos a fantasia, este mundo é repleto de ilusões. Feliz Dia do Amigo! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  4. O amor existe e se faz presente na nossa vida, tanto o amor amigo quanto o amor amante são importantes pra nós. E nos unem, feito elos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Aquiles

    Não pude deixar de refletir: ando assim, imune ao amor, a paixão...

    Temporário, mas um tempo necessário.

    Um beijo enorme,

    ResponderExcluir
  6. Seria todo romântico
    um palhaço, ou todo
    palhaço, um apaixonado?

    ResponderExcluir
  7. " De tanto treinar o "até amor" um dia ele sai."

    ResponderExcluir
  8. conseguiu expressar tudo que estou vivendo. Adorei o texto, apesar de ser a sua vida e seus pensamentos, eles se encaixam perfeitamente nos meus. Uma abraço e parabéns.

    ResponderExcluir
  9. isso tudo nos faz lembrar que só há o presente!
    afinal, um dia ele passa e td vira cinzas, lembranças...
    e o futuro.. a gente nunca sabe mesmo.

    muito bom o texto!

    ResponderExcluir
  10. Eu gostava de pedir o vosso apoio, e que votem nas minhas fotografias para que eu possa ganhar alguma coisa.

    http://www.portugalmelhordestino.pt/php_files/showFotos.php?order=Data&zone=Todas&user_name=D%E9bora+Dur%E3o&Submit.x=47&Submit.y=19&Submit=Pesquisar

    se poderes votar eu agradecia :)~
    ps: meto fotografias novas todos os dias

    ResponderExcluir
  11. Gostei bastante do seu texto, e mais ainda dessa frase: "De tanto treinar o "até amor" um dia ele sai." :)

    Poxa, me surpreendi com a sinceridade do seu comentário lá no meu Blog,viu! rs *-*

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Te entendo bem, me identifico.
    O amor nos deixa entontecidos e esquecemos q pode acabar de um dia pro outro, desamor é isso. Não podemos controlar o coração dos outros e nem o nosso*...
    Deus sopra sim, "ventos bons... é só prestar atenção ao sinal Dele e olhar para o Infinito.
    Eu sou frágil como a maioria das mulheres são, e insegura.
    Outra: tenho sorte NÃO! rs

    O mundo é repleto de ilusões, eta! eu concordo c tudo. "
    Somos tão pequenos diante de Tudo*!
    Eu li q os homens que tiveram na vida "mais êxito foram sempre generosos "amorosos, sei NÃO!
    O Coração alegre formoseia o rosto, verdade!
    Você é muito bonito e carismático e vais encontrar a menina dos sonhos. Sempre há outras oportunidades, ñ existe amor eterno* único...Não acredito, já fui casada, e casei apaixonada. Só odeio homens q brincam c os sentimentos dos outros "na má fé.
    Beijus** e q tenhas uma boa semana.
    Você também segue a Anjígua, já vi um comentário teu lá.
    Só me diz; não importa se segues ou não... afinal é opcional. E q eu já falei demais, não é?

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pelas tuas palavras!

    Há amores assim e esperava eu nao os conhecer, mas acho que todos passamos por alguma coisa assim, por alguma decepção e por uma confusão de ideias! Eu já tive más experiencias amorosas, mas se me perguntassem se faria tudo igual a minha resposta seria imediatamente "Sim" porque considero que devemos passar por coisas más para darmos valor às coisas boas.
    beijinho

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito do texto! Acredito que o passado é capaz de transformar qualquer um mais experiente, ou até em alguém mesmo... bastante deixar enxergar a situação e a si próprio. Há coisas que acontecem e são de fato muito ruins... mas no futuro, talvez, aquelas lembranças nos levem a crer que aquilo foi necessário, que que tenha sido ruim.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. A gente sempre encontra forças para esses desencontros. E como você mesmo disse, é um desencontro feliz, mesmo que efêmero também.
    Abraço (:

    ResponderExcluir
  16. A vida é mesmo todinha feita desses encontros e desencontros... nzé? Show de bola, rapá! Hugzão!

    ResponderExcluir
  17. Desencontros fazem parte da vida, infelizmente.
    Adoro essa música do Chico, sempre que estou nervosa canto bem alto pra nenhuma tristeza me invadir.
    E como sempre né, tenho que te parabenizar, liiindo texto!

    ResponderExcluir
  18. Agente pensa que o amor é tão grande que se acabar vai nos sufocar, agente chora, berra grita e acredita que mesmo assim, ele não vai passar, agente se olha no espelho e só consegue ver o outro. Depois passa tudo, agente depois entende, que não foi o outro que partiu de nós, agente tinha esquecido de ser "agente"...

    É isso aí meu amigo, que fiquem as boas lembranças e o esquecimento para o resto das coisas, muitos abraços.

    ResponderExcluir
  19. Quando damos muita atenção, a desvalorização é grande.
    Amor de mais sufoca é enjoativo.
    Um dia acaba e cada um segue seu caminho. Acho melhor assim.

    Aquiles fui ver seu comentário agora. Você consegue tirar sorrisos fáceis de mim.
    Seu Nego AHAHA

    ResponderExcluir
  20. Isso é que é texto! HAHAHA :p
    Meus parabéns cara, bem interessante e até reflexivo...
    Sucesso SEMPRE, Abração.

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá, primeiramente agradeço todo o carinho para com meu blog. Obrigada mesmo, de coração! Seu texto também é muito bom, adorei, sinceramente. Principalmente o trecho que fala sobre o carnaval. Bela sacada. Também fico por aqui com toda certeza! Tem post novo no meu blog, se puder conferir muito me alegrarei. Ah, bela escolha das músicas para inspiração..

    http://www.venenosemacas.blogspot.com.br/

    beijos, ótima semana.

    ResponderExcluir
  22. Ás vezes a gente se apega a situações que aparentemente confortáveis escondem um destino de dor. Na hora parece amor, na nostalgia parece melhor, e infelizmente ou não já era.
    Vale o blues...


    Ps: Karina Buhr é demais.

    Bjos e se cuida, é amando que se vive.

    ResponderExcluir
  23. "foi grande, foi bom e passou"
    Passei por um amor complicado tempo atrás, e essa sua pequena frase disse exatamente o que sinto depois de ter chorado muito, e hoje superei e sou bem mais feliz.

    bjs

    ResponderExcluir
  24. Ultimamente ando fugindo de amor complicado, pois de complicado e desafiador já basta a luta por nossos sonhos. Amor para mim tem que ser complicações, simples e que faça bem.

    osonhodeumaflauta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Texto sempre inteligente, verdadeiro, ácido!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  26. Nossa, que bonito! O romance passou mas esse texto é a prova de que deixou bons frutos ;)

    ResponderExcluir
  27. Adoro a sua autenticidade...saudades daqui. Bjs e bom fim se semana!

    ResponderExcluir
  28. Um lindo final de semana pra você.



    Beijos


    Ani


    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Sempre vale a pena!
    O maior aprendizado da vida acontece em momentos de paixão, onde todos os sentidos estão acesos...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  30. Fins de relacionamento são sempre tristes, pois impedem que uma história de amor continue a ser escrita.

    Beijos

    ResponderExcluir

PENSARAM MAL E COMENTARAM